quinta-feira, 22 de março de 2012

...é preciso relacionar-se (3)

Queridos amigos e amigas, a sequência de textos sobre relacionamentos têm rendido uma série de comentários positivos sobre o tema. Um desses comentários acabou se tornando um texto muito bom, na minha humilde opinião. Nossa amiga Eloah Ávila num momento de inspiração resolveu dar sua opinião sobre o tão famigerado tema relacionamentos. Espero que gostem:
______________________________________________

As pessoas pensam tanto antes de começar um relacionamento, colocam tantos pontos na balança, infinitos empecilhos, que acabam esquecendo que somos humanos e que estamos aqui pra errar e acertar constantemente. Depois, de muita dificuldade, se inicia o namoro. Quando menos se espera, surgem os problemas (ordem natural das coisas, afinal, vivemos num mundo de provas e expiações e que cabe a cada um de nós resolvê-los da melhor forma possível) e muitas vezes essas coisas passam despercebidas. Quais os principais fatores que originam os problemas a dois? Falta de COMPREENSÃO e a falta de CONFIANÇA. Por que? Porque não conhecemos intimamente a outra pessoa, e muitas vezes, acaba sendo difícil confiar e compreender certas atitudes... Cabe a cada um de nós exercermos a confiança e a compreensão nas pequenas atitudes dia após dia, pois elas são a base de um relacionamento.

Hoje em dia é muito comum se ouvir: "ah, acabou porque não deu certo ou porque o amor acabou". O difícil mesmo é lutar com a pessoa, vencer cada dificuldade, caminhar juntos e descobrir aos poucos a palavra chave: COMPANHEIRISMO (pelo menos EU prezo muito por isso em um relacionamento).



Sinceramente, eu acho que o verbo AMAR vem sendo cada vez mais banalizado, afinal, as pessoas se apaixonam pelo estereótipo de outras, ou por momentos que passam juntas e confundem com paixão, ou até mesmo dizem AMAR para agradar a outra parte, enfim, por tantos outros motivos. Costumo dizer que tudo na vida é como um jogo de videogame. Você só encontrará o verdadeiro verbo amar depois de passar a primeira fase, segunda fase, terceira, chefão, batalha “final”. Vencido as etapas, você encontrará o código secreto com a chave pra abrir a caixinha que se encontra o verbo amar.

As coisas vão se “afunilando” com o passar das provas, das lutas e problemas cotidianos - as pequenas paixões vão se dissipando, mas o verdadeiro amor resiste desde as pequenas brigas às maiores dificuldades. O verdadeiro amor requer TEMPO, ele precisa desse tempo pra amadurecer, assim como as frutas, que quando são tiradas do pé ainda verdes apodrecem ao invés de servirem de alimento. O amor vem SIM com o tempo, e ele não vem sozinho. Ele traz consigo o companheirismo, o mesmo dito anteriormente, e com a vontade de ambas as partes de quererem estar juntas.

Não acredito que existam almas gêmeas, creio claro, em espíritos afins, além da vontade de duas pessoas que queiram seguir o mesmo caminho, que possuem os mesmos planos, com a missão de fazerem o bem juntas. Acho ainda que, a partir do momento em que as coisas começam a dar errado, os caminhos se divergem, as ideias de ambas as partes não se cruzam, é porque NÃO É PRA SER, por mais que a paixão teime em achar que é amor  precisamos ser fortes e aceitar isso de uma vez e esperar que o verdadeiro amor apareça.

O amor é simplesmente natural, e o relacionamento quando é pra valer, simplesmente flui. A compreensão e a confiança ocorrem automaticamente. Não há exigências ou sacrifícios. Claro que existem problemas, mas que são vencidos. Tudo é tão natural, o respeito é mútuo, a cumplicidade reina, o romantismo sela algo que é simplesmente lindo, não há guerra quando se tem o amor reinando, quando se tem a missão de fazer o bem, quando se olham juntos na mesma direção, com união, carinho e respeito que fazem parte do universo chamado amor. 
______________________________________________

Fica o recado para os leitores desse blog: Caso queiram compartilhar seus textos sobre o tema em voga, por favor, entrem em contato comigo através dos comentários.
Abraços!

Um comentário:

  1. Nathalia Magalhães Paixão24 de março de 2012 12:31

    Perfeito o texto...adorei...realmente o caminho ate o encontro com o amor verdadeiro é lingo e árduo....

    ResponderExcluir